O Amor

Para entender o amor, é preciso em primeiro lugar entender quem somos. Quando fomos criados em espírito, por um princípio lógico, fomos criados ignorantes das coisas da existência, ou seja, sem conhecimento de causa. Porém, nascemos também com potenciais para vencer a ignorância, sendo os dois principais a capacidade de gerar energia, ou seja, nos mover e gerar movimentos e a inteligência, ou seja, a nossa capacidade de pensar sobre o que está acontecendo a nossa volta (receber, analisar e tirar conclusão sobre as informações que nos chegam). Desse modo é que podemos vencer o desconhecido e alcançar o conhecimento sobre o Eu quanto ser individual que tem vida própria e livre arbítrio e o Eu quanto ser coletivo, que é interdependente e é também ativo e passivo da lei da causalidade.

E entendendo que somos, entendemos que somos os agentes da vida e responsáveis pelo meio ambiente a nossa volta, tanto no campo físico quanto no campo espiritual. E de entender a nossa responsabilidade social, entendemos então que somos nós os causadores de 90% dos sofrimentos que nos afligem e que afligem os seres a nossa volta. Só assim podemos entender que a verdadeira libertação é “amar a todos como a ti mesmo” e querer ajudar o mundo a mudar e ser um lugar equilibrado para todos e todas.

Para mais informações adquira nossos livros, apostilas, cursos e siga junto conosco nesta caminhada para encontrar a ascensão.

Publicado por irmandadedolotus

Ainda não quero falar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: